My dream is having all this map painted in red

Thursday, 30 December 2010

Barcelona, a cidade de Antoni Gaudí

Barcelona - Espanha

É tentador dizer que não existe outro lugar como Barcelona, ainda mais no fim de ano, com a cidade toda decorada para as festas, com certeza não há outra cidade como ela na Espanha no que diz respeito a estilo, visual ou energia. As revistas e os guias de viagem falam com entusiasmo de sua arquitetura ousada, das lojas de design, dos bares incríveis e da vida cultural vibrante, mas Barcelona é mais do que a moda do momento. É uma cidade progressista, que se renova incansavelmente, sem se esquecer de preservar o melhor do seu passado.

Barcelona - Espanha

A comunidade autônoma da Catalunha, da qual Barcelona é capital, tem uma história que remonta ao século 9, e, nos longos períodos de domínio de potências externas, assim como durante a ditadura de Franco, sufocar o espírito catalão provou-se uma tarefa impossível. Barcelona reflete essa independência e é a líder espanhola em ativismo político, design, arquitetura e comércio.

Barcelona - Espanha

Isso se reflete nos lindos edifícios Art Nouveau que enchem as ruas e as avenidas da cidade. Nesse sentido, Antoni Gaudí foi quem deixou uma marca mais expressiva: a catedral Sagrada Família, de sua autoria, é célebre, mas as casas, os edifícios e os parques que ele e seus contemporâneos projetaram são igualmente fascinantes.

Barcelona - Espanha

É muito fácil orientar-se em Barcelona. A cidade, na verdade, é uma série de bairros que se estendem a partir do porto, ladeados de parques e rodeados pelas montanhas e pelos bosques de Collserola. Pode-se ver a maioria das principais atrações num fim de semana prolongado, mas vale a pena sair do corriqueiro, se possível.

Barcelona - Espanha

Lojas de produtos com design excelente nos bairros recuperados da cidade velha, gente cantando ópera na rua, almoços baratos em tabernas de operários, passeios de funicular, restaurantes sem placa de identificação, lojas e oficinas de artesanato, palácios medievais, passeios pelos subúrbios e galerias de produtos especializados, tudo isso é tão característico de Barcelona como as Ramblas ou a Sagrada Família de Gaudí.

Barcelona - Espanha

Eu adoro a Espanha, sempre que dou um salto até lá fico um pouco mais admirado com este país e após visitar algumas vezes as suas duas principais cidades, Madri e Barcelona vejo que apesar de toda a rivalidade que existe entre elas, ambas são verso e anverso de uma mesma moeda.

Barcelona - Espanha

A primeira é a capital por excelência, sede da monarquia, Madri se move frenética em locais como a Gran Vía, avenida comercial recém-repaginada, com grandes estátuas encimando edifícios neoclássicos. Mas torce pelo Real Madrid e passeia no entorno da Plaza Mayor, do século 15.

Barcelona - Espanha

Já Barcelona, capital da Catalunha, ferve nas Ramblas, avenidas próprias para passear, compras nas lojas do Passeig de Gràcia e, no futebol, torce pelo Barcelona, claro. No mercado La Boqueria, qualquer um fica boquiaberto. Idem vendo as inúmeras obras de Antoni Gaudí, que plasmou formas endemoniadas, classificadas entre o modernismo e o art nouveau, sobretudo no século 20. E, na mescla de épocas que a caracteriza, o destaque é a catedral no bairro Gótico.

Barcelona - Espanha

Assim, entre "tapas", os tira-gostos espanhóis, e beijos, Madri e Barcelona têm comportamentos e humores diversos. Antes da Olimpíada de 1992, Barcelona, então decadente, iniciou uma onda de construções e restaurações. A campanha "Barcelona posa't guapa" trouxe vida nova aos seus prédios e edificou, na montanha do Montjuic, um moderno estádio olímpico, transformando a metrópole de 1,5 milhão de habitantes no primeiro caso bem-sucedido de regeneração urbana.

Barcelona - Espanha

O curioso é que, se Barcelona transpirava modernidades, no design, nas cores excêntricas, na moda de vanguarda. Madri mantem seu aspecto mais sisudo, de sede do governo e da monarquia.

Barcelona - Espanha

Recentemente, os papéis novamente parecem ter-se invertido. Madri está mais fulgurante, falando espanhol, entronizada como uma metrópole europeia que fatura em euro. Embora Barcelona mantenha a sua aura de cidade de vanguarda, ela parece perdida ao insistir em falar catalão, em olhar para si mais do que para um mundo que se globalizou.

Barcelona - Espanha

De todo modo, é difícil entender a Espanha de hoje sem visitar Madri e Barcelona. O ideal mesmo é apanhar o próximo avião para a Espanha e ver tudo com os próprios olhos.

Post a Comment