My dream is having all this map painted in red

Saturday, 8 June 2013

Polônia

Bandeira da Polônia

É por a mochila nas costas e partir mais uma vez, desta vez a escolha recaiu sobre a Polônia (Polónia em português europeu) e esta viagem será bastante especial para mim, já que vou conhecer o país do meu tataravô, vou ter oportunidade de saber um pouco mais das minhas origens europeias e visitar o meu 27º país. A minha viagem começa pela sua capital, Varsóvia, seguindo para Cracóvia e em seguida Krosno.

A Polônia é um grande país europeu, suas planícies férteis são cortadas por dois grandes rios, o Vístula e o Bug. A língua polaca e a religião católica une os polacos como uma nação. Sua topografia plana fez da Polônia uma rota para as invasões por séculos. Em 1939 com a invasão por parte da Alemanha, teve início a 2ª Guerra Mundial e os nazistas construíram o campo de concentração de Auschwitz onde aproximadamente 1,3 milhões de judeus e outros foram mortos.

Depois da 2ª Guerra Mundial Joseph Stalin tomou o país para a União Soviética, os comunistas tomaram o poder em 1947 mas não conseguiram introduzir a religião ortodoxa no país, a Polônia manteve-se católica. Em 1980, com o elevado aumento dos preços e os baixíssimos salários e criou-se a primeira área de livre comércio no bloco de leste. Em 1989 aconteceu as primeiras eleições livres em mais de 40 anos e iniciou o movimento rumo a democracia e livre comércio.

A Polônia foi o primeiro a derrubar o comunismo, desenvolveu uma economia de mercado e juntou-se a União Europeia em 2004. Hoje em dia o país é um exportador de produtos alimentícios, e as reformas implementadas pelo governo estão a tentar reduzir o número de empresas detidas pelo estado. O trabalho continua rumo a um desenvolvimento eficiente, em busca do nível do nível de vida já atingidos pelos seus parceiros europeus.

Post a Comment