My dream is having all this map painted in red

Monday, 3 December 2007

Low-Cost Européias

Na minha ultima viagem a Barcelona eu consegui comprar uma passagem de avião bem barata através de uma companhia aérea low cost espanhola chamada Vueling. Paguei 50€ por uma viagem de ida e volta entre Lisboa em Portugal e Barcelona na Espanha, neste preço já estavam incluídas as taxas aeroportuárias.


Aqui na Europa existem dezenas de companhias aéreas que operam neste esquema de baixo custo e devido a concorrência a oferta de passagens baratas é imensa, tudo bem que as melhores ofertas são para vôos durante a semana mas se você está de férias na Europa essas empresas serão opções muito vantajosas para conhecer várias cidades do velho mundo.
Mas é necessário ter alguma cautela e ter atenção nas entrelinhas dessas passagens. O intuito de qualquer empresa é o lucro e com as low cost não é diferente, elas oferecem passagens baratas mas saiba que várias regalias que você encontra numa empresa aérea comum não serão encontradas numa low-cost, na verdade as regalias estão disponiveis mas você terá que pagar a parte por elas.


Vamos começar pela bagagem. Se você veio do Brasil para a Europa com kilos e kilos de bagagem, receio que as low-cost não serão uma boa idéia para sua viagem já que para cada mala despachada será necessário pagar um valor que varia entre 6€ e 12€, dependendo da empresa aérea, o que pode encarecer consideravelmente sua passagem. Além do mais os volumes não podem ultrapassar 20kg. Você pode levar gratuitamente um volume de até 10kg como bagagem de mão. Na minha viagem para a Barcelona por exemplo eu nem cheguei a ir no balcão de check-in da empresa, como eu tinha somente minha mochila como bagagem de mão e já tinha feito o check-in online fui direto para o portão de embarque.


Como citado acima se você não tem bagagem a despachar você pode fazer seu check-in pela internet e evitar de pegar uma fila no aeroporto para despachar suas malas, claro que este procedimento tira muitos custos da empresa, o lema delas é o menor custo possivel. Outra vantagem é poder chegar no aeroporto somente 30 minutos antes do seu vôo partir pois você vai precisar somente passar pela inspeção de segurança e já ir em direção ao seu portão de embarque. No check-in online que você faz pela internet, você mesmo escolhe sua poltrona e no final imprimi a sua passagem que será requerida no momento do embarque.


Caso você decida levar somente a bagagem de mão fique atento a alguns procedimentos de segurança, o receio por novos ataques terroristas fizeram as autoridades dos aeroportos em todo o mundo aumentarem a fiscalização, desse modo você não pode levar na bagagem de mão qualquer embalagem que contenha mais de 100ml de líquido. Para não perder muito tempo na inspeção coloque liquidos como desodorante, pasta dental, cremes, gel para o cabelo num saquinho plástico separadamente e mostre o conteúdo ao agente de segurança antecipadamente.


Se estiver viajando com bebês e esteja levando papinhas ou mamadeiras não se incomode se os seguranças pedirem para você experimentar na frente deles.


Se você reclama da barrinha de cereais nos vôos da Gol saiba que as low-cost na Europa não oferecem nada aos passageiros, na verdade oferecem, mas você terá que pagar a parte por isso e os preços são salgados. Tudo bem que a maioria dos vôos são curtos e não é nenhum martirio ficar algumas horinhas sem comer.


Se você quiser ouvir música também pode mas você terá que pagar 1,5€ pelos fones de ouvido. E não pense que adianta trazer os seus fones de ouvido de casa, o encaixe dos fones usados nos aviões são diferentes.


Eu sou um total fã de empresas deste tipo pois para mim o importante é conhecer o destino e gastar pouco durante uma viagem.
Mas como disse anteriormente o objetivo de qualquer empresa é o lucro e as low-cost européias apesar de oferecerem passagens aéreas baratas não são nenhuma instituição filantrópica para ajudar mochileiros como eu a viajar de maneira barata, deste modo a melhor dica é comprar sua passagem com a maior antecedência possivel (o que possibilita os melhores preços) e ficar atento as entrelinhas das regras de cada passagem.


Vueling, Easyjet, Transavia, Martinair, Ryanair, Sterling, AER Lingus, Thomson Fly, Tui Fly, Bmi Baby, Condor, Fly Niki, Fly Be, Air Berlin, Monarch, Excel Airways, Jetair, Norwegian, Jet2, BudgetAir, Flyglobespan, Brussels Airlines, First Choice, Germanwings, Air Finland, CentralWings, LTU, Helvetic, Blue Air, Smartwings.

Post a Comment