My dream is having all this map painted in red

Tuesday, 24 February 2009

Bruxelas, a capital européia ofuscada pela badalada vizinhança

Bruxelas

 

Bruxelas

 

O fato é que a gente nem sempre escolhe os vizinhos, aqui em Lisboa eu até que não posso me queixar pois a senhora que vive no apartamento vizinho ao meu é bem legal, apesar do cachorrinho chato dela não ir muito com a minha cara e viver rosnando para mim. Bruxelas não têm a mesma sorte, seus vizinhos são uns estragra prazeres. A cidade é considerada um perna-de-pau em meio a uma constelação de craques. É assim que vejo Bruxelas, ofuscada pelas vizinhas badaladas como Amsterdãm, Paris, Berlim, Londres, Barcelona e Praga. Antes que isso soe geograficamente estúpido, não se esqueça, desde que as low-cost tomaram a Europa de assalto, voar de um ponto para outro do continente virou pechincha até para o mais surrado mochileiro.

 

Pobre Bruxelas, essa estrela desconhecida do supertime europeu não merece destino tão desdenhoso. A capital belga oferece lances de emoção para diversos gostos, do fã de cerveja ao admirador da art noveu. Ah, e também existem, em cada esquina, divinos chocolates...
Com apenas 1 milhão de habitantes, Bruxelas foi feita para ser explorada a pé. O francês e o flamengo são as línguas locais, mas praticamente todo mundo fala inglês.
No verão, dizem os locais, a principal atração turística da cidade, a Grand Place, pega fogo. A imponente praça fica cheia de cafés e bares com mesas ao ar livre, passando pelos restaurantes sofisticados e lojas de chocolate, as 'chocolateries'.

 

A moral do campeonato, ops, da história é esta: Bruxelas é definitivamente uma cidade ofuscada pela vizinhança mas que sem sombra de dúvida merece ser visitada, oferece cultura, boa comida, cervejas e chocolates excelentes, tudo embrulhado num pacote minúsculo, atraente e cheio de charme.

 

Bruxelas

 

Bruxelas

Post a Comment