My dream is having all this map painted in red

Saturday, 30 April 2011

Museu Van Gogh

Van Gogh

Uma das grandes atrações de Amsterdã é o Museu Van Gogh. Antes de mais nada gostaria de aconselhar a não deixar que a longa fila que todos os dias se forma em frente ao museu lhe intimidar. Apesar de longa, ela acaba por andar rapidamente e ao visitar o museu você terá a sensação que valeu a pena cada segundo de espera.

Não é todo dia que se tem a oportunidade de ver de tão perto as pinturas de um pintor tão talentoso como Van Gogh e por este motivo recomendo imensamente que ao visitar Amsterdã não deixe de conhecer este museu e se deixar levar pelas magníficas telas deste mestre da pintura.

Van Gogh

A história de Vincent  Van Gogh é tão estarrecedora quanto suas pinturas. Holandês, filho mais velho de um pastor protestante de onde herdou sua vocação religiosa e membro de uma família economicamente débil, fez seus primeiros estudos em uma escola rural, em 1863 entra no Colégio Zerenbergen mas o teve que abandonar devido a má situação financeira dos seus pais.

Aos 16 anos trabalha como empregado na Galeria de Arte Goupil de Haya, graças a seu tio, diretor da mesma. Neste período cultiva uma fixação pela pintura e literatura. Durante uma visita a sua família no verão de 1872, inicia sua relação com seu irmão Theo, o único e verdadeiro amigo de sua vida. Com ele manteria correspondência até o dia de sua morte.

Van Gogh

Em 1873 a galeria onde trabalha se muda para Londres onde ele se apaixona pela filha da proprietária, seu amor não é correspondido e Vincent é rejeitado pela primeira vez.

Após esta rejeição amorosa decide se mudar para Paris, aos vinte anos Van Gogh é um homem melancólico e solitário e encontra na religião um caminho para se salvar das crises existenciais. Mais tarde recebe ajuda da família para regressar a Amsterdã e estudar Teologia Protestante mas Vincent não é aceito no seminário.

Van Gogh

Graças a seu irmão Theo ingressa aos 27 anos na Academia de Pintura de Bruxelas. Durante uma visita a seu irmão se apaixona por uma viúva, sua prima, mais velha que ele. Novamente é rejeitado.

Em 1881 viaja para Haya onde seu primo Mauve o introduz nos círculos artísticos da cidade onde começa a se interessar por pinturas de natureza morta. Nesta época registra-se seu amor com uma prostituta que se tornaria sua modelo para um dos seus quadros. Seu pai aconselha que abandone esta mulher que o havia contagiado com sífilis mas Van Gogh se nega. Em 1883 a doença avança e ele então decide deixar a prostituta a conselho de seu irmão. Após isso, instala-se com seu pai na pequena vila de Neven onde começa a interessar por pintar natureza e retrato.

Van Gogh

Após algum tempo viaja para Paris onde descobre o impressionismo e conhece pessoalmente a Pissaro, Seurac, Toulouse-Lautrec, Monet, Renoir e Gauguin. Nesta época sua pintura é bastante influenciada pela pintura japonesa. Pinta intensamente, rompendo com convencionalismos temáticos e formais mas sua situação financeira é precária, não passa fome devido ao dinheiro que recebe de seu irmão Theo, entretanto não consegue vender seus quadros.

Cansado da vida em Paris e a conselho de Toulouse-Lautrec muda-se para Arlés no sul da França. Após uma discussão com com Gauguin, então com 35 anos Van Gogh corta uma parte da orelha e dirigindo-se a um prostíbulo entrega-a a uma prostituta.

Van Gogh

Após este episódio seu irmão Theo decide que Vincent deve ser internado, o pintor sofre alucinações e o diagnóstico é epilepsia e esquizofrenia.

Em julho de 1890 acaba por não receber a quantia de dinheiro que seu irmão Theo normalmente enviava, desespera-se, se sente fracassado e doente, aumenta sua tristeza e angústia. Com a desculpa de ir caçar, consegue um revólver emprestado e com ele suicida-se com um tiro no estômago. Seu irmão Theo nunca se recuperou do choque e também morre meses depois.

Van Gogh

Vincent Van Gogh, um dos mais geniais dos pintores somente conseguiu vender dois quadros em toda sua vida.

Post a Comment