My dream is having all this map painted in red

Saturday, 19 November 2011

The Sound of Music

The Sound of Music

Ao comentar com um amigo que iria conhecer Salzburgo na Áustria este deu-me uma dica valiosa, disse que eu não poderia deixar de assistir ao filme “The Sound of Music” (título original) antes de visitar esta cidade austríaca. Posso afirmar que a dica foi muito bem vinda pois fez da minha visita a Salzburgo ser ainda mais interessante. O filme que no Brasil é conhecido por “A Noviça Rebelde” e em Portugal por “Música no Coração” é realmente uma obra a não deixar de ser vista por todos aqueles que estão pensando em visitar a eterna cidade de Mozart.

Seguida de um enorme sucesso nos palcos musicais “A Noviça Rebelde”, obra escrita e composta por Rodgers and Hammerstein foi apresentada na Broadway quase 1500 vezes, ganhou 6 prêmios Tony e vendeu mais de 3 milhões de cópias.

Em 1965 o filme foi indicado para 10 Óscars e venceu 5, melhor filme, melhor diretor, melhor script, melhor trilha sonora e melhor adaptação musical. Para Julie Andrews, que atuou no papel principal, o filme foi o início de uma incomparável carreira internacional. Ela mesma certa vez disse em uma entrevista que considerava uma honra ter estado envolvida em um filme que havia trazido tanta alegria para tantas pessoas.

Os atores miríms, todos eles amadores, não seguiram carreira nos palcos. Todos os sete foram para profissões do cotidiano e vivem pelo mundo afora. O contato entre eles é ainda forte até hoje e consideram-se uma grande família.

O filme conta uma história verdadeira, uma comovente história de família que toca a todos que a conhecem, a adorável cidade de Salzburgo fornece um inesquecível cenário e os fabulosos atores e atrizes cuidaram do resto.

Baseado numa história real, nascida em Viena, Maria von Kutschera vivia como candidata a noviça no Convento Beneditino de Nonnberg em Salzburgo quando ela foi enviada por sua Madre Superiora para  a casa do Barão Georg von Trapp para cuidar dos seus sete filhos depois da morte de sua esposa.

Mais tarde Maria torna-se esposa do Barão e nos anos 30 cria um coro familiar que atua em apresentações públicas durante o período que permaneceram na Áustria.

Com a anexação da Áustria com a Alemanha de Hitler em 1938 a família passou a não ter nenhum rendimento a não ser as apresentações musicais. O sucesso deles nos Estados Unidos, entretanto, foram suficientes para os fazerem iniciar uma nova vida por lá e em 1941 compraram uma fazenda em Stowe, Vermont que tornou-se o “Trapp Family Lodge”, hoje um charmoso hotel.

A pedido dos autores o vídeo do trailer do filme não pode ser incorporado em páginas de terceiros mas este pode livremente ser visto no YouTube neste LINK.

Post a Comment