My dream is having all this map painted in red

Wednesday, 3 August 2005

Visto Americano

Terça feira - 02 de Agosto de 2005

A pedido da Itautec (empresa onde trabalho) fui até o Consulado Americano fazer uma entrevista para obtenção do meu visto americano.
Minha entrevista estava agendada para as 08 horas da manhã. Sai bem cedo de casa, por volta de umas 06 da manhã já que o Consulado Americano fica na Chacara Santo Antonio e é um lugar de dificil acesso. Tive que pegar o metrô até a estação Ana Rosa e de lá peguei uma lotação que ia para aquela região.
Chegando lá haviam muitas pessoas na porta da embaixada aguardando a abertura. Nunca pensei que houvessem tantos brasileiros querendo ir para os Estados Unidos, talvez porque a cotação do dólar ande em queda.
Cheguei a conversar com algumas pessoas na fila e muitos estavam ansiosos e com medo de terem seu visto negado pela autoridades de imigração americana.
Tenho que admitir que os seguranças do consulado não são muito simpáticos para não falar mal educados.
Após a abertura do consulado os seguranças nos organizaram em fila e adentramos ao consulado. Se algum dia você for tentar um visto americano tenha em mente que por mais legal que você seja você sempre será um terrorista em potencial até que se prove o contrário. Os seguranças não permitiram que eu entrasse com meu celular no consulado, será que eles pensaram que eu poderia colocar um bomba dentro do meu celular?
Quando já estava dentro do consulado me lembrei que estes lugares são territórios estrangeiros dentro do Brasil, isto quer dizer que naquele momento eu estava em território americano e sob as leis americanas, engraçado não?
Passei pelo agente de recolhimento dos documentos, depois passei pela coleta de impressão digital e depois disso esperei umas horinhas pela entrevista.
Achei que o entrevistador iria me encher de perguntas, fiquei surpreso quando ele perguntou a quanto tempo eu morava em São Paulo e depois me perguntou qual tinha sido o propósito da minha viagem a Austrália. Respondi estas duas perguntas e após isso, para minha surpresa o agente me diz que o meu visto tinha sido concedido. Esta foi a entrevista mais curta da minha vida. Acho que não durou 3 minutos. O entrevistador era americano mas falava bem português apesar de possuir um pesado sotaque americano.
Me foi concedido o visto B1/B2 estas siglas querem dizer que eles me concederam o visto de turismo e negócios válido por 5 anos.
Bem, tudo correu bem e foi mais fácil do que eu pensava. Agora espero que me mandem para o Estados Unidos logo pois fiquei com bastante vontade de conhecer a América.

Neimar Alves Guerra
Post a Comment