My dream is having all this map painted in red

Tuesday, 17 July 2007

20 horas num ônibus entre Buenos Aires e Bariloche


Deixei Buenos Aires as 14:00hs de segunda-feira (16/07/2007) num ônibus da empresa ViaBariloche. O ônibus é muito confortavel, com direito a servico de bordo, balas, música, travesseiro e cobertor. Nao conheco uma palavra em português para esses comissários de ônibus, mas aqui eles os chamam de rodomozo(a).

Estou espantado com o bom serviço da empresa rodaviária, são 15:00hs e um café bem quente foi servido. Eu que nem gosto tanto assim de café acabei por aceitar para esquentar. Colocaram um filme para nos entreter, "Deja Vu", o ônibus oferece fones de ouvido individuais com dois canais de som, um para o filme e outro com rádio. Até agora tudo perfeito.

São 17:30hs, depois de um cochilo acordo com o rodomozo servindo um lanche. Ainda estamos na região dos pampas argentinos. A paisagem vista pela janela do ônibus é belissima. Uma planicie que se perde de vista com uma vegetação rasteira. Lindas fazendas também fazem parte da paisagem com criações de gado bovino e ovelhas. Agora depois do lanche mais um filme "The Cleaner".

Agora são 20:00hs. A noite definitivamente caiu. Uma noite bem fria por sinal mas estou bem aquecido aqui no ônibus. Colocaram um outro filme com explicações das atrações desta região da Argentina, em seguida um video institucional da empresa de ônibus e agora um video com uma sequência de video-clips musicais onde o titulo do DVD é "Baladitas Del Corazon" :-)

Eles realmente tentam de tudo para que os passageiros nao sintam as 20 horas de viagem entre Buenos Aires e Bariloche.

Agora são 21:00hs. Hora do jantar. Sim! Jantar! Com direito a uma salada como entrada, em seguida um prato quente (frango)  acompanhado de uma taça de vinho argentino, claro, e como sobremesa mousse de chocolate. Acho que a escolha desse trecho da viagem via terrestre foi uma decisão acertada e uma pechincha.

São 22:00hs. O rodomozo :-) fechou todas as cortinas do ônibus, apagou todas as luzes e dalhe mais um filme, uma produção Argentina desta vez, "Una Estela e Dos Cafes".

Sao 23:30hs. Fim do filme (muito bom por sinal) e agora eles se superaram. Os passageiros podiam escolher entre whisk e champagne para finalizar a noite. Definitivamente as empresas de ônibus brasileiras deveriam conhecer as empresas argentinas. Nunca vi nada parecido no Brasil.

Pelo caminho esporadicamente passamos por alguma pequena cidade argentina. Sinto uma sensação de liberdade muito grande, sozinho num ônibus, cruzando a Argentina, o estilo de vida que definitivamente me atrai.

Estou conhecendo um pouco mais da América do Sul, nós brasileiros costumamos renegar nossas origens latinas e exaltar tudo o que é europeu ou americano. Isto é uma pena pois deixamos de conhecer coisas maravilhosas que estao próximas da gente.

São 08:00hs da manhã. Café da manha servido. Ao amanhecer a paisagem havia mudado completamente. Ficaram para trás as planicies argentinas para dar lugar a uma região montanhosa, com predominância do branco da neve. Uma das paisagens mais belas que já vi.

São 09:30hs da manhã e acabo de chegar a Bariloche. O frio é de congelar mas a beleza da cidade me aquece e faz esquecer o frio.

A cidade fica entre várias montanhas cobertas de neve dando um clima de Suiça ao lugar.

Definitivamente a Argetina me surpreende a cada momento.

Post a Comment