My dream is having all this map painted in red

Monday, 28 April 2008

Algarve







Algarve é a região sul de Portugal, a costa do Algarve exibe uma sucessão de praias que tem tudo para agradar até viajantes brasileiros como eu acostumados às belezas tropicais. As praias do Algarve oferecem um mar azul, areia fina, dunas e penhascos que deixam qualquer um impressionado.
Além das paisagens belíssimas, às quais os barcos de pesca coloridos conferem um charme adicional. Uma sucessão de belas praias de mar azul pontuadas por cidadezinhas caiadas de um branco descomunal. A costa do Algarve, tem uma vantagem que o resto do país não tem, águas mais mornas, mas já adianto que para os padrões brasileiros a água ainda é muito fria, mas isto não pode ser desculpa para não entrar no mar e aproveitar o belo visual das praias. Isso junto a um céu quase sempre azul e temperaturas alguns graus acima das outras regiões que a torna um dos principais destinos de férias da Europa e inclui o alemão e o inglês praticamente como idiomas oficiais no auge do verão devido a tamanha quantidade de turistas.







A região é extensa e simpática, com clima mediterrânico, marcada pelos odores da maresia. Um passeio a pé pelo emaranhado de ruas, vielas e escadinhas do interior algarvio é a melhor forma de conhecer esta parte de Portugal. Perca-se ainda na vastidão do litoral, tendo como fundo as mais belas praias da Europa, onde se avistam os recortes dos rochedos e as falésias descomunais, gerando uma paisagem muito diferente do que estamos acostumados a ver no Brasil.
Além dos encantos da paisagem, os aromas e sabores da cozinha tradicional algarvia.
Cardápio confeccionado com peixe e mariscos que por uma infelicidade do destino não consigo gostar, mas consigo notar as pessoas a comer deliciosamente e fazerem grandes elogios.







O património construído é outro ponto de paragem obrigatória. A arquitectura das casas caiadas, com portais coloridos e chaminés de beleza inigualável, contribuem para a singularidade deste destino que espera por si, todo o ano.
No Algarve a sua visita ganha também uma dimensão histórica. Um pouco por toda a região é ainda possível desvendar encantos e segredos da história de Portugal, que o tempo não apaga. As férias passadas no Algarve servem também de pretexto para uma viagem no tempo, ao encontro de numerosos testemunhos de povos e culturas que ao longo da história se cruzaram com a região. Da presença romana à longa herança muçulmana, da reconquista cristã à epopeia dos Descobrimentos portugueses, não faltam motivos para redescobrir sinais de um passado histórico marcante.
Os mais de cinco séculos de influência árabe marcaram para sempre o destino da região, a começar pelo próprio nome: Al-Gharb, O Ocidente. Esta presença, que se prolongou do séc. VIII ao séc. XIII, ainda hoje se encontra bem patente nos nomes dos povoados.







Em meados do séc. XIII, as terras algarvias são as últimas de Portugal a serem conquistadas do domínio muçulmano. Após longos avanços e recuos, a reconquista cristã tem a preciosa colaboração dos Cavaleiros da Ordem de Santiago, liderados por Dom Paio Peres Correia, para no reinado de Dom Afonso III expulsar à presença árabe no Algarve e unir a região ao reino de Portugal.







Para finalizar diria que o auge dessa minha primeira visita ao Algarve foi conhecer a "Praia da Marinha". O aspecto dessa praia é muito bonito como podem ver nas fotos deste post, uma praia rodeada de altas falésias esculpidas pelo mar e considerada uma das cem melhores praias do mundo, situada numa região de natureza preservada e que ainda mantêm seu lado selvagem.
O que posso dizer é que fiquei com água na boca e agora quero explorar ainda mais o sul de Portugal para ter a oportunidade de fazer novas descobertas como esta.
Post a Comment