My dream is having all this map painted in red

Friday, 27 August 2010

Budapeste: Banhos Széchenyi

Banhos Széchenyi

Aquecidas no interior da terra, as águas quentes ricas em minerais que jorram por entre fissuras das colinas rochosas de Budapeste deram à cidade uma cultura de banhos de influência turca, que sobreviveu até a austeridade do comunismo. Um total de 31 piscinas e banhos termais com entradas baratas para os locais devido a subsídios governamentais, fazem com que o ato de “ir a banhos” seja um prazer a não perder para os visitantes de Budapeste.

Banhos Széchenyi

Os cidadãos de Budapeste acreditam vivamente nos benefícios sociais, psicológicos e medicinais dos banhos termais. Pessoas que trabalham em escritórios visitam com frequência os banhos públicos de manhã para se prepararem para o dia. Outros preferem ir ao fim do dia para relaxar. A maior parte dos banhos dispõe de pessoal habilitado para dicas sobre os tratamentos mais adequados para cada doença. As águas quentes e ricas em minerais são ótimas para relaxar.

Banhos Széchenyi

Podem também ajudar no alívio de vários problemas específicos, como stress pós-traumático, problemas musculares e de articulações, reumatismo e dores menstruais.

E estando em Budapeste um dos melhores locais para aproveitar as águas quentes da capital húngara são os Banhos Széchenyi. Na entrada principal existe uma estátua do arqueólogo Vilmos Zsigmond que, em 1879, descobriu aqui uma nascente de água quente ao escavar um poço. A água dos Banhos Széchenyi é a mais profunda e quente de Budapeste atingindo a superfície à temperatura de 74-75 ºC. As nascentes ricas em minerais distinguem-se pelas suas alegadas propriedades curativas, sendo recomendadas para vários tratamentos médicos.

Banhos Széchenyi: Xadrez e banhos - Duas paixões húngaras

O complexo termal fica num edifício neobarroco construído entre 1909 e 1913. Em 1926 foram acrescentadas três piscinas ao ar livre que são frequentadas durante todo o ano devido à alta temperatura da água.
As piscinas variam de temperatura com algumas a 18, 28 e 40 ºC. Há também saunas, jacuzis e a satisfação de estar a experimentar uma típica atividade húngara.

Banhos Széchenyi

Os Banhos Széchenyi ficam na saída do metrô Széchenyi furdo (linha 1 – amarela) e estão abertos diariamente das 06h às 19h. O preço para os visitantes usufruírem de todas as piscinas é de 3100 Ft (Agosto/2010) e caso precise há aluguel de toalhas (as toalhas parecem mais lençóis, se preferir traga a sua de casa) a 600 Ft.

Post a Comment