My dream is having all this map painted in red

Tuesday, 14 December 2010

Piazza di Spagna

Piazza di Spagna - Roma - Itália

Por volta do século XVI, o aumento dos visitantes peregrinos e eclesiásticos estava a tornar insuportável a vida já congestionada do centro medieval de Roma. Foi construído um novo conjunto de ruas, ainda hoje existente, para ajudar os peregrinos a passar o mais rapidamente possível da porta norte da cidade, a Porta del Popolo, ao Vaticano. Por volta do século XVIII, já haviam sido construídos novos hotéis por todo o bairro para os frívolos aristocratas ingleses que faziam o Grand Tour pela Europa.

Atualmente esta área oferece muito mais, as obras renascentistas e barrocas de Santa Maria del Popolo e Sant’Andrea delle Frate, os relevos da restaurada Ara Pacis, exposições de arte na Villa Medici, belas vistas a partir da Scalinata di Spagna e dos jardins do Pincio e as ruas de compras mais famosas de Roma concentradas ao redor da Via Condotti.

Piazza di Spagna - Roma - Itália

A malha de estreitas ruas entre a Piazza di Spagna e a Via del Corso é uma das zonas mais animadas de Roma, atraindo multidões de turistas e romanos às suas lojas elegantes e discretas.

Com a forma de uma gravata e rodeada por casas altas pintadas de tons claros de ocre, creme e castanho-avermelhado, a Piazza di Spagna (Praça de Espanha) costuma estar repleta de pessoas durante todo o dia e no verão durante a maior parte da noite. É a praça mais famosa de Roma e tem sido há séculos um local visitado por turistas estrangeiros.

Piazza di Spagna - Roma - Itália

No século XVII, a Embaixada de Espanha na Santa Sé encontrava-se sediada nesta praça, e a área ao redor era considerada território espanhol, os estrangeiros que entrassem na área estavam sujeitos a serem perseguidos pelas autoridades espanholas.

Nos séculos XVIII e XIX, Roma já era um destino tão popular para os turistas como hoje, e a praça ficava no centro do principal bairro hoteleiro da cidade. Alguns artistas vinham em busca de conhecimento e inspiração artística, mas a maioria dos visitantes estava mais interessada em jogar, procurar estátuas antigas para decorar a casa e ter casos amorosos com mulheres italianas.

Piazza di Spagna - Roma - Itália

A Fontanna della Barcaccia, na praça é a menos vistosa das fontes do Barroco romano, e com frequência está quase totalmente encoberta pelas pessoas que descansam na sua borda.

Foi projetada pelo famoso Gian Lorenzo Bernini ou por seu pai, Pietro. Como a pressão do aqueduto que alimenta a fonte é muito baixa, não há cascatas espetaculares nem jorros d’água. Em vez disso Bernini construiu um barco cuja metade se encontra submersa num pequeno lago, barcaccia significa barco velho.

Piazza di Spagna - Roma - Itália

As abelhas e sóis que decoram a Fonte della Barcaccia foram inspirados no brasão da família do papa Urbano VIII Barberini, que encomendou a fonte.

No século XVII, os proprietários franceses da Trinità dei Monti resolveram ligar a igreja à Piazza di Spagna, construindo um magnífico lanço de escadas. Também tinham planejado colocar uma estátua equestre do rei Luís XIV no topo.

Piazza di Spagna - Roma - Itália

O papa Alexandre VII Chigi não ficou satisfeito com a perspectiva de erguer a estátua de um monarca francês na cidade papal, e as discussões continuaram até 1720, quando o arquiteto italiano Francesco de Sanctis criou um projeto que satisfez tanto os franceses como o papado.

A escadaria concluída em 1726, combina secções retas, curvas e terraços criando um dos marcos mais espetaculares da cidade. As escadas são hoje um local favorito para escrever postais, tirar fotografias, namorar ou apenas para ver quem passa.

Piazza di Spagna - Roma - Itália

A vista de Roma a partir do terraço em frente à fachada da Trinitá dei Monti é tão bela que, com frequência, a própria igreja é ignorada.

Para visitar esta praça em Roma é bastante fácil, basta apanhar o metrô (linha A – vermelha) e sair na estação Spagna. A partir daí só posso te deseja bom passeio e boas compras.

Post a Comment